Conectado com

Empresas

Ciência atesta eficácia de tecnologias nutricionais para saúde intestinal dos pets

Pesquisas demonstram a importância do uso de aditivos derivados de diferentes componentes da levedura para longevidade e bem-estar de cães e gatos

Publicado

em

Foto: Shutterstock

Estudos realizados nos últimos anos demonstram grandes resultados decorrentes do uso de tecnologias nutricionais focadas na saúde intestinal dos pets. “Cerca de 70% do sistema imunológico está associado ao intestino do animal, que abriga uma vasta população de microrganismos, e a nutrição é o fator externo que provoca modificações mais rápidas no microbioma intestinal de cães e gatos”, destaca o zootecnista e doutor em nutrição animal Anderson Lima, gerente de vendas da Alltech. Segundo ele, além de uma dieta balanceada de acordo com os requerimentos dos animais de companhia, o uso de soluções nutricionais para promover uma microbiota equilibrada e diversificada beneficia a saúde e o bem-estar dos animais de estimação.

Existem diferentes grupos de aditivos que modulam a microbiota intestinal, dentre eles os probióticos e prebióticos. “Agora o mercado está falando com força dessas tecnologias nutricionais que a Alltech já falava há pelo menos vinte anos”, observa o especialista. Inovação científica é um dos pilares da empresa, que, em 2007, já contava com 500 ensaios de pesquisas científicas sobre este tema realizadas em seu centro de pesquisa e por diversos pesquisadores renomados em universidades ao redor do mundo. Outro ponto que a posiciona como referência no assunto é que possui uma das maiores fábricas de fermentação de leveduras para nutrição animal no mundo, localizada no município de São Pedro do Ivaí (PR). “A Alltech investe em tecnologias nutricionais voltadas não para doenças, mas para apoiar a longevidade do animal ao potencializarem a imunidade e saúde intestinal”, aponta Lima.

Os prebióticos são ingredientes não digestíveis que oferecem efeitos benéficos para os animais ao selecionarem estímulos para o crescimento e a atividade da resposta imune, além de contribuírem para melhor equilíbrio entre os microrganismos intestinais. Nessa categoria, destaca-se o Actigen®, desenvolvido com base na nutrigenômica e derivado de uma fração específica e purificada do mananoligossacarídeo (MOS), já bem difundido na indústria de pet food global. Estudo realizado em 2020 pela médica veterinária Fernanda Sant Anna Kroll e outros pesquisadores demonstrou que a inclusão de Actigen® na dieta de cães idosos foi capaz de estimular a imunidade inata e adquirida. “Como a resposta imune costuma diminuir com a idade dos pets, esse resultado se mostra especialmente interessante”, ressalta o especialista.
Além da modulação da microbiota, as soluções nutricionais da Alltech também contribuem para a integridade e o desenvolvimento das estruturas intestinais. Este é o caso do Nupro®, tecnologia de extrato da cepa de leveduras específicas da Alltech, rica em proteína de alta biodisponibilidade e composta por nucleotídeos que contribuem para o crescimento e recuperação do epitélio intestinal ao participar da síntese de DNA. Pesquisa feita em 2022 pela doutora em Zootecnia Gislaine Cristina Bill Kaelle, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), e colaboradores avaliou a inclusão de NuPro na dieta de cães e constatou que, além de redução no pH e maior concentração de ácidos graxos de cadeia curta nas fezes, o estudo de palatabilidade demonstrou forte preferência pelos cães às dietas com a tecnologia Alltech em comparação àquelas que não a tinham.
“Um intestino saudável com uma microbiota equilibrada reflete em benefícios para a imunidade, qualidade de pele e pelagem, crescimento dos filhotes e mesmo no desenvolvimento embrionário durante a gestação”, ressalta Lima.

 

Fenagra

Com o tema “Pense grande, foque no micro”, a Alltech apresentará na Fenagra (Feira Internacional da Agroindústria), nos dias 5 e 6 de junho, no Centro de Convenções Anhembi, em São Paulo (SP), seu portfólio de tecnologias nutricionais que apoiam o microbioma dos pets. “É um evento extremamente importante, com conteúdos relevantes para todos os envolvidos no segmento de pet food. É o local para atualização de conhecimentos e aprendizados, trocar informações, fazer networking, conhecer as novidades e confraternizar com os clientes”, resume Lima. Nesta edição, a empresa também trará clientes do Chile, Peru e América Central.

Presente desde as primeiras edições da feira, há mais de dez anos a Alltech também promove um pré-evento para clientes e parceiros da área técnica, como nutricionistas, professores e parceiros da indústria de pet food, com foco em tendências de mercado. Neste ano, este encontro acontecerá no dia 4 de junho, das 14h às 18h, no mesmo local da feira, com a presença de Steve Elliott, vice-presidente global de pet food e de grandes contas da Alltech, Ananda Portella Félix, professora de Nutrição Animal da Universidade Federal do Paraná (UFPR); e Claudio Mathias, diretor de vendas para Aquacultura e Pet Food da Wenger para a América do Sul.

Fonte: Alltech

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.