Conectado com

Saúde

Dicas para cuidar da saúde oral do seu pet

Publicado

em

Foto: Anna Shvets/Pexels

Um sorriso saudável não é apenas para humanos. Quando se trata dos animais de estimação, a saúde oral desempenha um papel vital em sua qualidade de vida e bem-estar.

Embora muitas vezes negligenciada, a saúde bucal dos pets é fundamental para sua saúde geral, desde a prevenção de doenças até o aumento da longevidade.

Acompanhe algumas orientações embasadas em pesquisas realizadas por estudantes do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR), para melhorar a saúde oral do seu amigo de quatro patas.

Escovação regular

Escove os dentes do seu animalzinho com frequência – diariamente, se possível. A escovação diária auxilia a prevenir formação de placas bacterianas.

Para a escovação, é indicado escovas de cerdas macias e adaptadas à boca do seu animal, além da recomendação de cremes dentais específicos para os pets.

Cuidado com produtos “milagrosos”

Muitos produtos no mercado prometem milagres na saúde oral dos animais, mas nem todos são eficazes. É importante desconfiar de soluções rápidas e consultar o veterinário antes de adotar o uso de qualquer produto.

Pesquisas mostram que nem todos os produtos anunciados como eficazes têm respaldo científico e efetividade real.

Escolha o brinquedo adequado

Brinquedos mastigáveis podem ser benéficos para a saúde oral, mas evite aqueles excessivamente duros, pois podem resultar em fraturas dentárias.

Opte sempre por produtos recomendados por veterinários, especialmente aqueles que promovem a mastigação controlada e incentivam a limpeza dos dentes.

Leve seu pet ao veterinário

Através de consultas odontológicas regulares, é possível identificar precocemente algumas alterações, evitando o agravamento das condições odontológicas.

Deste modo, é possível garantir que os amigos de quatro patas também recebam a atenção necessária e o cuidado adequado para sua saúde oral.

Em quais produtos investir?

Evite ossos de animais ou sintéticos, que apresentam elevado grau de rigidez, sendo um fator predisponente para a ocorrência de fraturas. Aposte em focinho ou orelha bovina, pasta de dente veterinária, escovas de cerdas macias, petiscos para cães e gatos, brinquedos de material maleável.

É indicado realizar o manejo de escovação desde filhote, criando no animal o costume e evitando que ele crie aversão.

Fonte: HV-UFPR
Continue Lendo

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.