Conectado com

Nutrição

Mandioca, maçã, brócolis: novas fontes de fibras ganham espaço na nutrição pet

Publicado

em

Foto: Shutterstock

A inclusão de fibras em alimentos para pets tem se mostrado uma prática benéfica para a saúde e o bem-estar dos animais de estimação. Assim como acontece com os humanos, as fibras desempenham um papel significativo na dieta dos animais, auxiliando na regulação do trato gastrointestinal, controle de peso e prevenção de doenças.

Embora não seja um nutriente essencial dentro de uma formulação para cães e gatos, a fibra apresenta diversos benefícios fisiológicos. “Uma das vantagens relacionadas à melhora fisiológica é a modulação da microbiota intestinal, pois apresenta relação com a saúde geral do cão e do gato”, afirma Renata Bacila, médica veterinária e palestrante no Seminário Técnico da Kemin, que aconteceu nos dias 20 e 21, em Chapecó, SC. “Entre os benefícios da inclusão da fibra na dieta dos pets estão a manutenção da integridade e funcionalidade do intestino, formação e consistência das fezes, melhor barreira intestinal, menor inflamação, diluição da energia do alimento, assim como a regulação do apetite e saciedade” reforça.

A doutoranda na Universidade Federal do Paraná explica também sobre a utilização das fibras na alimentação dos pets com foco em ingredientes alternativos às fontes convencionalmente utilizadas. “Essas fontes normalmente utilizadas são polpa de beterraba, celulose, farelo e casca de soja, farelo de arroz, farelo de aveia e linhaça. Mas existem fontes alternativas que vem sendo estudadas em parceria da indústria com as universidades. Essas novas fontes geralmente são subprodutos ou coprodutos vindos de resíduos agroindustriais da alimentação humana”, destaca.

ESTUDOS

“Em nosso laboratório de nutrição de cães na Universidade Federal do Paraná (UFPR) já testamos subprodutos do milho, como o DDGS, da fibra de frutas, como a maçã, assim como vegetais, tais como as crucíferas (brócolis e couve flor, por exemplo). E, inclusive, testamos a fibra de mandioca, que teve resultados muito interessantes dentro dos parâmetros avaliados”, revelou Renata.

Segundo a médica-veterinária, foi avaliado, principalmente, a funcionalidade intestinal relacionada à saúde do intestino de cães e gatos. “Obtivemos como resultado desse estudo não somente a modulação da microbiota e em ambiente intestinal, como também resultados interessantes para a palatabilidade e característica física do extrusado” expõe. Diversos estudos sobre a fibra de mandioca foram realizados com a parceria de instituições como Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Universidade de São Paulo (USP).

Pesquisas relacionadas ao produto também são desenvolvidas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). “É realmente muito importante participar de um seminário como esse para falar das diferentes fontes de fibra e, principalmente a fibra da mandioca, para apresentar a todos os resultados que obtivemos em parceria da empresa com a universidade”, enfatizou Renata Bacila.

Outro relevante aspecto associado a utilização dos coprodutos é a sustentabilidade, já que sua utilização minimiza perdas e auxilia em problemas econômicos e ambientais. “Vale lembrar que as fontes convencionais de fibras, além do alto custo, também competem com a alimentação humana”, complementa a médica-veterinária ao mencionar que a visão do tutor em obter um produto com ingrediente sustentável e natural dentro do rótulo do produto é uma característica crescente no comportamento dos tutores.

Renata complementa que com uma dieta balanceada e adequada o tutor pode ajudar a promover a saúde e o bem-estar duradouros do seu fiel companheiro. “Essas fibras podem ser utilizadas em dietas para animais obesos, já que ajudam na regulação e absorção da glicose, redução da glicemia e controle de saciedade. Além disso, trazem mais saúde, qualidade de vida e longevidade aos pets”, reforça.

Confira aqui a edição completa da Revista O Presente Pet!

Fonte: O Presente Pet

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.